DO MANDATO SEM REPRESENTAÇÃO DE PORTUGAL

Autores

  • Pedro Linhares Della Nina

DOI:

https://doi.org/10.47595/cjsiurj.v2i1.30

Palavras-chave:

Direito civil, Procuração em causa própria, Mandato sem representação

Resumo

Este trabalho tem como objetivo apresentar o instituto do mandato sem representação, previsto no direito português (Código Civil Português, materializado no Decreto-Lei n.o 47.344, de 25/11/1966, que revogou o Código de Seabra), traçando paralelo com a procuração em causa própria do direito brasileiro (Código Civil Brasileiro, decorrente de um projeto de 1969, coordenado por Miguel Reale, que foi transformando, muitos anos depois, na Lei n.o 10.406, de 10/01/2002, tendo revogado o Código Beviláqua), sempre com cotejo dos artigos legislativos envolvidos e à luz da doutrina especializada dos 2 (dois) países.O ensejo da pesquisa é cotejar os dois tratamentos dados à matéria, posto que ambos proporcionam garantias aos contratantes, enfrentando as diferenças existentes de forma direta e abordando as principais considerações doutrinárias/jurisprudenciais sobre o tema.

Biografia do Autor

Pedro Linhares Della Nina

Advogado e Professor da Universidade Candido Mendes/RJ, mestre em Ciências Jurídicas pelo UAL-Lisboa, pós-graduado em Direito Empresarial e em Litigation, ambos pela FGV-Rio de Janeiro;

Referências

ALBERTO, Octávio Manuel Gomes. Público [Em linha]. Disponível em http://octalberto.no.sapo.pt/contrato_de_mandato.htm [Consult. 30 outubro 2020].

COELHO, Fabio Ulhoa – Curso de Direito Civil Parte Geral – Vol. 1. 8a ed. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2016. ISBN 978-85-203-6684-4

DE FARIAS, Cristiano Chaves; ROSENVALD, Nelson – Curso de Direito Civil vol. 4 – Contratos. 3a ed. Salvador: Editora Juspodium, 2013

DE VASCONCELOS, Pedro Pais – Procuração Irrevogável. Coimbra: Almedina, 2002

DOMINGUES DE ANDRADE, Manuel A. – Teoria Geral da Relação Jurídica – vol. 1. 1a ed. Coimbra: Almedina, 1983. ISBN 978-97-240-04259

GAGLIANO, Pablo Stolze; PAMPLONA, Rodolfo – Novo Curso de Direito Civil vol. 4, tomo 2 – Contratos em Espécie. 3a ed. São Paulo: Editora Saraiva, 2010

GRAU, Eros Roberto – Um Novo Paradigma dos Contratos?. Público [Em linha]. [Consult. 30 outubro. 2020]. Disponível em http://www.revistas.usp.br/rfdusp/article/view/67510

NADER, Paulo – Curso de Direito Civil Vol. 1. 10a ed. Rio de Janeiro: Forense, 2016. ISBN 978-85-309-6355-2

PONTES DE MIRANDA, Francisco Cavalcanti – Comentários ao Código de Processo Civil – Tomo I. Rio de Janeiro: Forense, 1973

RODRIGUES, Silvio – Direito Civil – Volume 3 – Dos Contratos e das Declarações Unilaterais de vontade. 27a ed. Rio de Janeiro: Editora Saraiva

TELLES, Inocêncio Galvão – Manual dos Contratos em Geral. 4a ed. Coimbra: Coimbra Editora

VAZ TOMÉ, Maria João Romão Carreiro – Sobre o contrato de mandato sem representação e o trust. Público [Em linha]. Disponível em http://www.oa.pt/Conteudos/Artigos/detalhe_artigo.aspx?idsc=65580&ida=65532 [Consult. 30 outubro 2020].

Downloads

Publicado

09/04/2021

Como Citar

Linhares Della Nina, P. (2021). DO MANDATO SEM REPRESENTAÇÃO DE PORTUGAL. Revista De Ciências Jurídicas E Sociais - IURJ, 2(1), 96-114. https://doi.org/10.47595/cjsiurj.v2i1.30